As 5 questões que deve fazer a si mesmo antes de iniciar o seu negócio

Luis Charneca - 13/05/2019

As 5 questões que deve fazer a si mesmo antes de iniciar o seu negócio 

 

 Sim, pode ter uma excelente ideia, mas como torná-la realidade?  

 

Quando vê outra pessoa a jogar qualquer jogo, é fácil ver todas as oportunidades e estratégias para o ganhar. 

 Mas, quando é você a jogar, tudo parece mais complicado. Isto é exatamente o que acontece com os novos empresários. Têm excelentes ideias, mas falta a capacidade para entender os riscos, a experiência e o tempo previsto para atingir o sucesso.  

A grande questão é: o que devem os novos empreendedores saber antes de lançar o seu negócio? 

 Não há uma resposta igual para todos os casos, porque o Meio Ambiente pode afetar as novas empresas de maneira diferente. Mas vou tentar ajudar com 5 perguntas que deve colocar antes de iniciar o negócio.  

 

  1. Porque é que vou iniciar este negócio?

 As razões para isso acontecer são várias.  

Alguns não querem trabalhar por conta de outrem, outros estão cansados das rotinas e do trabalho das 9h às 17h, outros ainda (diria que a maioria) porque querem ganhar mais dinheiro. Lamento informar, mas se está a iniciar o seu negócio apenas por estes motivos, provavelmente irá falhar. Em vez disso deve encontrar o objetivo, o propósito. Qual a necessidade que o mercado tem e que o seu negócio vai ajudar a superar? É crucial que examine minuciosamente a sua ideia. Verifique os prós e contras. Todo o empresário deve ser capaz de responder à pergunta: “Porque é que eu estou a fazer isto?” Parece uma pergunta simples, mas inevitavelmente vão existir momentos em que as coisas vão correr menos bem, a esperança diminui e precisa de ter bem presente porque resolveu fazer esta viagem. Como empresário a construção e o crescimento são processos que nunca estão terminados completamente.  Torna-se crucial a definição da Visão e Missão da sua empresa, para manter o foco nos objetivos do projeto, tanto empresariais como pessoais.  

 

  1. Qual é o meu mercado-alvo?

Conhecer o seu nicho de mercado é fundamental.  

As suas vendas e lucros vão depender disso. Lembre-se: se quiser vender a todo o mercado, não está a vender a ninguém. É obrigatório identificar qual o segmento de mercado para quem o seu produto ou serviço é dirigido. Só conhecendo quem são os seus potenciais clientes pode fornecer aquilo que eles realmente querem. Como escreveu Jeffrey Gitomer n’O Livro Vermelho das Vendas:  

“Dito de forma simples, isto significa que proporciono valor aos meus clientes antes de lhes pedir que me comprem alguma coisa”.  

 

  1. Qual é a minha estratégia de Marketing?

Cerca de 63% das empresas em Portugal não tem presença na Internet.  

No final de 2018, a percentagem de indivíduos com mais de 15 anos que utiliza internet em Portugal é de 74,7% e a aumentar. (fonte: INE, Portadata) Será que é aqui que está o seu nicho? E, sendo assim, como é que eles sabem da sua existência? 

O plano de marketing vai tornar a sua empresa menos vulnerável a períodos de crise. Podemos prever com antecedência e “sentir” o mercado, superando os nossos concorrentes através do planeamento de produtos e serviços mais adequados aos desejos e necessidades dos clientes.  

 

  1. O que colocar no meu Plano de Negócios?

Quem inicia um negócio tem muitas vezes a noção de que apenas é necessário um Plano de Negócios se estivermos à procura de investimento. Errado!  

Um bom plano indica, à partida, se uma empresa é viável ou não, e quais são os seus pontos fortes e fracos. Escreva o seu Plano de Negócios. Detalhe toda a parte financeira, operacional e de marketing. Aventurar-se num negócio é uma escolha. Essa escolha hoje vai determinar o seu futuro. Tudo o que for planeamento vai ajudá-lo a evitar surpresas mais tarde. “Se falhar o planeamento, está a planear o falhanço!” palavras de Benjamin Franklin.  

 

  1. Quais são as minhas vantagens competitivas?

São os clientes que vão decidir o futuro da sua empresa.  

Mas não “porque o cliente tem sempre razão”. O motivo é porque tem de oferecer sempre algo melhor ou diferente dos seus concorrentes. Algo importante quando está a lançar um novo negócio é proporcionar aos seus clientes aquilo que eles querem e não necessariamente o que você deseja. 

 

 Espero ter ajudado a clarificar e a potenciar melhores empresas e empresários.  

 

Se necessitar de alguma ajuda para definir o seu propósito, segmentar o seu mercado-alvo, o plano de negócios ou a sua estratégia de marketing, ou ainda se gostou deste artigo, ficou com alguma dúvida ou quiser colocar uma questão terei todo o gosto em receber as suas partilhas e comentários. 

 Dê-me o seu feedback (luischarneca@actioncoach.com) 

Luis Charneca

Luis Charneca

Partilhar: